INVERSO - Um  tributo a Michel Serres, de autoria do Professor e Poeta Antônio Miranda, livro de poesia-ensaio que já está disponível na Amazon.

(https://www.amazon.it/INVERSO-TRIBUTO-MICHEL-SERRES-poesia-ensaio/dp/1713196441).

O livro foi lançado oficialmente no dia 22/01/2020 em Águas Lindas/GO, na residência do Poeta e Prof. Miranda, na  ocasião os integrantes do grupo de pesquisa discutiram a  obra do filósofo francês e suas implicações com contemporâneo  e os trabalhos mais recentes do Poeta. O livro do Michel Serres, O INCANDESCENTE, foi a base do INVERSO. Conheça um pouco sobre este livro.

INVERSÃO  I

“De uma maneira diferenciada e progressiva todo mundo hoje têm acesso à enciclopédia.”(MICHEL SERRES)

Doravante, esse saber se difunde na coletividade  como a atmosfera que ela respira.

“Uma democracia de ciência surge e se massifica.”(MICHEL SERRES)

Mesmo sendo perigosa é a melhor política possível!

Serres argumenta que o saber se concentrava em lugares institucionais nas cátedras e doutos (...)"

"O saber possui um endereço."

E agora, José?

"Ao que tudo indica, passamos

desses fluxos para um mar de ignorância." (MICHEL SERRES)

Como diz aquele senhor que nos conhecemos:

eu tenho certeza 

ru recebi pelo whatsapp.

 

 http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/ciencia/leitura-recomendada/1154-michel-serres-incandecente

DEDICATÓRIA - Para os pesquisadores Benedito Medeiros Neto e Darley Cardoso, estudiosos da obra filosofica se Michel Serres (2019)

IDENTIDADE - pg. 25

"Seu suposto eu funde-se

na diversidade dos nós" (MICHEL SERRES)

Um nome não determina uma identidade

o sobrenome é um coletivo ...

"Sempre confundimos pertencimento com identidade."

"Pertence" a grupos, nações lugares e culturas (MICHEL SERRES)

Comunista, monaquista democrata, xintoista?

Confusão entre pertencimentos e identidade!

Não existem duas pessoas idênticas.

Nem as gêmeas. Podem até julgarem-se

como tal, mas tal e qual.

"A única resposta verdadeira

você mesmo, unicamente você (MICHEL SERRES)

****

 INTERNETIZAR - pg 34

"A mundiliazação transforma a cultura

em mercadoria."

"Elas consomem e consomem

seus consumidores."

A internet liberta e escraviza:

"Sob múltiplas cartografia"

"tão mecladas do local e do global" (MICHEL SERRES)

Do verdadeiro aos fake news.

Do ensino à distancia

          á distancia do ensino...

"Ela evolui com uma pluralidade

de transsições e obstruções."

"O ser no mundo muda de ser

e de mundo." (MICHEL SERRES) 

****

LEITURA - pg 35

línguas na desordem das palavras

-ruídos e emoções: evocam

Na literatura: a ordem

o discurso, a criação:

a beleza que flui

envolve, orienta, emociona.

Lê-se o código genético

antes do código da Humurábi...

Paradoxo: " A verdade cultura

vive da aculturação."

"vou da desordem à beleza

pela qual, um a um passamos nós

e toda a humanidade (...)

transitamos do temp

para a eternidade"!!!

(MICHEL SERRES)

 

 

 

O CIDADÃO CONTEMPORÂNEO FRENTE   ÀS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ATENÇÃO! Se você deseja uma cópia do e-book do livro,  você poderá fazer um download aqui, veja o arquivo anexado no final desta página.

Livro na Amazon: e book disponível

https://www.amazon.de/CONTEMPORÂNEO-TECNOLOGIAS-INFORMAÇÃO-COMUNICAÇÃO-Portuguese-ebook/dp/B07GCRSM12 - Portuguese Edition  Kindle Edition. O LIVRO aborda fenômenos de mudanças de comportamentos dos cidadãos frente às Tecnologias da Informação e Comunicação – TIC, vivendo na Sociedade da Informação em Rede, e as perspectivas futuras, a Sociedade de Serviços, quando as TIC, em especial os dispositivos móveis como o celular, chegam às mãos de mais pessoas com carência de recursos materiais e cognitivos, seja pela falta de acesso a informações de utilidade pública, habilidade de uso das tecnologias ou analfabetismo funcional presente no Brasil contemporâneo. 

O acesso e uso da informação interativa em redes sociais, e o número de ambientes virtuais de aprendizagem colaborativa são  crescentes, e a perspectiva é que ambos possam promover melhores condições de vida e bem-estar de comunidades. Assim, realizaram-se-se diagnósticos pela observação do cidadão, no seu acesso, uso e apropriação das TIC, na busca e difusão da informação, no uso de TIC para alterar conteúdos existentes na Internet, produzidos para si ou para sua comunidade. A intervenção da pesquisa para o suporte à presente obra tinha como foco o uso de dispositivos móveis para otimização da difusão da informação nos ambientes virtuais de aprendizagem em comunidades de vulnerabilidade social. As mudanças de comportamentos possíveis são reflexo da permanente adaptação a novos processos, ao uso de novas tecnologias, sobretudo, a novas maneiras de viver em comunidade e em sociedade. Nos desdobramentos da sociedade contemporânea espera-se que estas mudanças favoreçam à busca da conquista da cidadania, algo já observado com indivíduos que portam dispositivos de comunicação móvel inteligentes.  

Attachments:
Download this file (BMN NA ABEE-DF 22NOV19-PDF.pdf)BMN NA ABEE-DF 22NOV19-PDF.pdf[ ]7868 kB
Download this file (FAC-UnB-e-Book_O-Cidadao_TIC-Digital.pdf) e-Book: CIDADÃO CONTEMPORÂNEO FRENTE ÀS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO[ CIDADÃO CONTEMPORÂNEO FRENTE ÀS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO]12485 kB

PARTE I

DE ONDE VIEMOS E PARA ONDE VAMOS COM AS TIC NO BRASIL

1

OS MARCOS DO FINAL DA ERA INDUSTRIAL

-      Migração de empregados da indústria

-      Da sociedade pós-industrial ao choque do futuro

-      O que assistimos após a era industrial?

-      A perspectiva das inovações tecnológicas

-      O conhecimento, a comunicação e a cultura na modernidade líquida

-      Século XXI: interativo e transacional

2

O SURGIMENTO NO BRASIL DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

Quem está Online

Temos 51 visitantes e Um membro online

  • medeiros

Palavras-chave

Buscar