Vivemos momentos muito difíceis, os Fake News dominando quase todas as atividades comunicação aqui no Brasil, e tudo parece natural, colocando em risco até a  nossa jovem democracia. No mundo isto não é tão diferente assim. Vide o que Noam Chomsky (Filadélfia, 1928) algém que superou faz tempo as barreiras da vaidade: 
https://brasil.elpais.com/…/…/cultura/1520352987_936609.html

Posta-se de tudo na Web, você recebe um vídeo de um avião fazendo manobras impossível, mas apurar-se, logo verifica-se que isto é apenas um brinquedo, e não um avião russo.

A melhor conduta é reagir, faz-se necessário apurar tudo, e devolver para o remetente quando não for verdade. Isto é educação para a e-citiezen: https://www.researchgate.net/publication/281862001_From_Information_Society_to_Community_Service_The_Birth_of_E_-_Citizenship

 

Em um contexto em que a ideia de “notícia falsa” se tornou corriqueira, diminuindo a credibilidade das mídias digitais e tradicionais, como mostra a pesquisa Trust in News 2017, do Kantar Ibope, a imprensa nacional, depois de firmar parcerias com agências de checagem, agora entra em campo para disputar a confiança do público com a criação de serviços próprios de verificação de fatos.

Ou seja, um mesmo agente que produz notícias agora passa também a verificar notícias. O que está por trás dessa lógica?

https://congressoemfoco.uol.com.br/…/grande-midia-usa-comb…/

O pior é que nós brasileiro gostamos de divulgar Fake News, as inconsciente, mas muitas vezes, de forma intencional, mesmo sabendo que são Fake News, o que é lamentável.


E isto pode ser muito sério para a formação das novas gerações. A educação é responsabilidade de todos. 

https://www.researchgate.net/publication/326678418_A_era_das_fake_news_o_digital_storytelling_como_promotor_do_pensamento_critico_The_era_of_fake_news_digital_storytelling_as_a_promotion_of_critical_reading

 

Estou em um grupo de pesquisa sobre pós verdade e Fake News, e pretendo divulgar os achados nos grupos dos quais eu participo, depois!

Primeiras Referências:
a)De onde vem o termo? Da década de 1890, ao que tudo indica. Disponível em: <https://www.huffpostbrasil.com/…/de-onde-vem-o-termo-fake-…/>. Acesso em: 20 jun. 2018.

b) Exposição seletiva e efeitos das Fake News na opinião pública - Comunicação Eleitoral. Disponível em: <http://www.comunicacaoeleitoral.ufpr.br/…/exposicao-seleti…/>. Acesso em: 07 jun. 2018.

c) Como “comportamento de manada” permite manipulação da opinião pública por fakes - BBC News Brasil. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/brasil-42243930>. Acesso em: 09 jun. 2018.

d) Lei contra discurso de ódio na internet entra em vigor na Alemanha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 02.01.2018. Disponível em: <http://www.dw.com/…/lei-contra-discurso-de-ódio-…/a-41996447>. Acesso em: 03 jun. 2018.

e) Psicologia explica circulação de “fake news”, dizem especialistas - 28/10/2017 - Mundo - Folha de S. Paulo. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/…/1931213-psicologia-explica-…>. Acesso em: 04 jun. 2018.

HUFFPOSTBRASIL.COM
 
De acordo com o dicionário Merriam-Webster, o termo já existia muito tempo antes da Pizzagate.
 
 REFERÊNCIAS:
Endereços Eletrônicos:

Antiviral Social Media: how can newsroom designers make debunks better? disponível em: <https://firstdraftnews.org/antiviral-social-media-how-can-newsroom-designers-make- debunks-better/>. acesso em: 22 abri. 2018.

Como “comportamento de manada” permite manipulação da opinião pública por fakes - BBC News Brasil. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/brasil-42243930>. Acesso em: 09 jun. 2018.

De onde vem o termo? Da década de 1890, ao que tudo indica. Disponível em: <https://www.huffpostbrasil.com/2017/04/05/de-onde-vem-o-termo-fake-news-da-decada-de- 1890-ao-que-tudo_a_22027223/>. Acesso em: 20 jun. 2018.

DELMATO, r. o Direito Preservação da Fonte. [s.l: s.n.]. Allcott, h.; Gentzkow, m. Social Media and Fake News in the 2016 Election. Journal of Economic Perspectives, v. 31, n. 2, p. 211236, maio 2017. Allcott, h.; Gentzkow, m. Social Media and Fake News in the 2016 Election. cambridge, ma: [s.n.]. disponível em: <http://www.nber.org/papers/w23089.pdf>. acesso em: 22 mai. 2018.

DELMANTO, R. O direito preservação da fonte. [s.l: s.n.]. Word of the Year 2016 is... | Oxford Dictionaries. Disponível em: <https://en.oxforddictionaries.com/word-of-the- year/word-of-the-year-2016>. Acesso em: 12 jun. 2018.

Exposição seletiva e efeitos das Fake News na opinião pública - Comunicação Eleitoral. Disponível em: <http://www.comunicacaoeleitoral.ufpr.br/index.php/2018/03/26/exposicao- seletiva-e-efeitos-das-fake-news-na-opiniao-publica/>. Acesso em: 07 jun. 2018. 

 

 

LINKS:

A)https://brasil.elpais.com/brasil/2018/03/06/cultura/1520352987_936609.html

B) https://congressoemfoco.uol.com.br/eleicoes/grande-midia-usa-combate-as-fake-news-para-tentar-recuperar-credibilidade/


Entre com seu usuário para poder postar um comentário.

Quem está Online

Temos 41 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar