LABORATÓRIOS :

 

Unidade I – Revisão de conteúdos básicos

1.1  Python 3.x

LAB PYTHON BÁSICO

LAB PYTHON AVANÇADO

 

1.2  Javascript

LAB JAVASCRIPT

 

1.3  BD relacional – SQL – Diagrama ER

LAB BD RELACIONAL - LITE SQL & SQL – DIAGRAMA

LAB BD RELACIONAL – POSTGRESQL - DIAGRAMA ER

 

1.4  Modelagem de Sistemas de Informações - UML

LAB UML

 

 

Unidade II – Framework Django

2.1 Introdução ao Django

2.2 Modelo MVC

2.3 Admin Django

LAB DJANGO

 

 

Unidade III – Gerenciamento de Processos de Negócios

3.1 Introdução a BPM

3.2 O modelo BPMN

3.3 A extensão Django para BPM

LAB BPM

 

Unidade IV – Web Semântica

4.1 Introdução a Web Semântica

4.2 Teoria das Relações

4.3 Teoria das Categorizações

LAB WEB SEMÂNTICA

 

4.4 Ontologias

LAB ONTOLOGIAS

 

4.5 Grafos

LAB GRAFOS

 

4.6 Padrões da W3C – RDF, RDFS, OWL, SPARQL

4.7 Biblioteca RDFlib/Python 4.8

LAB Biblioteca RDFLib

 

LAB PADRÕES JORNALISMO

 

LAB PROGRESSIVE WEB APPS

 

LAB MODELO CONCETUAL

 

LAB DADOS CONECTADOS    

Tópicos Avançados em Computadores – CIC 116296

1 - PROCEDIMENTOS DE ENSINO

SALA DE AULA INVERTIDA (Vide tutorial em anexo) http://www.filosofiacienciaarte.org/attachments/article/748/BMN-AULA%20INVERTIDA%20Programac%CC%A7a%CC%83o%20-23AGOSTO17-4.pdf

A Metodologia:  Ela visa a transmissão do saber, e a preparação de mão-de-obra para o mercado de Comunicação Social e outras atividades profissionais, portanto, ela deve ser acompanhada de uma reflexão sobre o valor, e o uso prático de conhecimentos  e da tecnologia a serem transmitidos entre gerações, sobre sua aceitação e transformação pelo tempo, a influência que esse saber exerce na organização social, cultural e política.

A Metodologia busca: a) Conhecimento dos propósitos e do conteúdo da disciplina; b) Escolha de questões atuais do profissional de Comunicação Social; c) Desenvolvimento de trabalhos de estudo e pesquisa em equipe de estudantes com base no método científico; d) Conhecimento de metodologia de trabalho colaborativos, com apoio em TIC, tais com como equipes on-line, blog, rede social e sites; e) Comunicação e discussão oral dos resultados encontrados das aplicações em Comunicação pelos estudantes; f) Elaboração de Ontologia/Artefatos e textos explicativo do produto mais aprofundados,  previamente,  definido pela Equipe de Estudantes.

https://medium.com/s/story/how-to-teach-journalism-in-2019-aa33773dfcd9 

2  - AMBIENTE DE TRABALHO COLABORATIVO - Segue o Modelo 4C (Comunicação, Cooperação, Coordenação e Conexão)

Como um Modelo 4C de Colaboração  ele   deve ser, prioritariamente, de todos para todos. Em sala de aula, busca-se a máxima divulgação dos conteúdos programáticos e a promoção de prática em laboratório. A definição das ferramentas ou produtos softwares na disciplina devem ser de consenso de todos. O importante é que seja factível  em todos os lugares, e a qualquer tempo todos  tenham acesso às informações e ao conhecimento. Os ambientes de ensino e aprendizado colaborativo da disciplina são divididos em quatro dimensões (Modelo 4C), cuja as ferramentas ou softwares são definidas comparticipação de todos:

a) O Joomla (CMS): É  ferramenta utilizada para  COORDENAÇÃO da Disciplina, serve como uma Lousa Digital, aqui são   para apresentado os conteúdos de cada aula, e os estudantes podem fazer o o acompanhamento das atividades em sala de aula e fora;

b) O Slack: A  plataforma de COMUNICAÇÃO para o apoio das atividades de ensino e pesquisa. Os professores orientam os estudantes de como é feito o encaminhamento das listas de exercícios e a divulgação resultados de achados nas ferramentas;

c) Linguagem Python & Django:  O Ambiente de COOPERAÇÃO para a Aprendizagem é formado de software, por exemplo o  URI, local para  desenvolvimento das primeiras Listas de Exercícios, podemos usar REPL.IT: https://repl.it/teacher. Existem outros ambiente de desenvolvimento como o PyCharm CE. Outros ambientes poderão ser utilizados como suporte: GitHub (publicação dos Sistemas). 

d) Potègè: O Ambiente de COOPERAÇÃO para a Aprendizagem. Ela é  a principal ferramenta da Disciplina/Curso. Veja mais em :  http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/pesquisador-visitante/957-laboratorio-potege

e) Demais Ambientes (ER; UML; BPM; JAVASCRIPT, DJANGO, etc.)

f) O ambiente de CONEXÃO entre os participantes é feito pelo Mensageiro  Instantâneo: WhatsApp: Os estudantes usaram seus notebooks no Lab de Info do CIC, Módulo 19 do ICC, para suporte às  aulas de Programação Web e trabalhos de equipe (13/08/18).

Obs.: Os e-mails enviados aos professores para comunicação relativa a esta disciplina necessitam conter o número de matrícula do aluno e o nome da disciplinano cabeçalho da mensagem. Anexos não fazem parte nem do cabeçalho nem do corpo da mensagem. E devem ser explicito no corpo da mensagem. Os professores  não se compromete com correspondência eletrônica que descumpra esta exigência. Todos estes recursos e softwares serão instrumentos valiosos para atingir os objetivos da disciplina.

3 - ETAPAS DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM

3A – FUNDAMENTAÇÃO 

Esta Etapa compreende aulas expositivas, dialogada com os estudantes e  a busca e leitura de textos em fonte confiáveis, exemplos de ontologias. Deve-se manter uma discussão crítica e avaliativa nas aulas expositivas, e orientações para a elaboração de listas exercícios individuais e em grupo.

Além dos professores do CIC, poderemos contar com a participação de CONVIDADOS, especialistas da UnB e externo, procura-se apresentar conteúdos inovadores para fundamentação da disciplina, tudo isto visando as etapas seguintes, como a elaboração de apresentações dos artefatos, como uma Aplicação em Comunicação.

Considera-se essencial elaboração de Lab (Instrumento de aprendizagem) para a fixação dos conteúdos pelos estudantes, sob a supervisão dos docentes.

3B - AMBIENTES DE ENSINO E APRENDIZAGEM 

Métodos de Pesquisa Adotado: DESIGN SCIENCE RESEARCH - DSR: http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/ciencia/leitura-recomendada/1012-design-science-research-metodo-de-pesquisa-para-avanco-da-ciencia-e-tecnologia

Definido com um Método  de Pesquisa para Avanço da Ciência e Tecnologia. Tutorial: http://www.filosofiacienciaarte.org/attachments/article/748/Design-Science-Research-Aline-Dresch.pdf

Procedimentos: Cada Equipe Trabalho de estudantes, de no máximo 3(três) estudantes,  deverá escolher um tema (SISTEMA WEB)  relacionado ao proposto pelos professores da disciplina, que será objeto de desenvolvimento e testes. E apresentação do trabalho do sistema, e que deve ser colocado em produção. Inicialmente como  "Termo de abertura do Projeto" ,   incluindo figuras e digramas a serem incorporados no trabalho escrito. Para escolher o tema, a Equipe de Trabalho deve guiar-se pelos seus interesses, curiosidades e/ou inquietudes relacionados ao uso das TIC na Comunicação Social.

Ao considerar a escolha dos possíveis SISTEMAS WEB, espera-se que todos os estudantes de uma  equipe participem da definição do tema, e devem contar com a programação de temas  sugeridos pela  Disciplina.  Deve evitar-se que a escolha de um  SISTEMA WEB  seja feita por um  dos componentes da equipe, assim, evita-se o menor comprometimento de alguns componente, certamente, isto irá influenciar nas demais etapas do artefato.

Os Temas proposto pelo professores  podem ser consultados no site: https://www.researchgate.net/profile/Benedito_Medeiros_Neto/projects. Ao ler uma  proposta, lembre-se de que as palavras ali usadas podem ter mudado um pouco de seu significado, e que os conceitos podem ter adquirido novas expressões, ao longo do tempo decorrido entre, a elaboração da proposta  até  o momento.

O objetivo desta metodologia de Pesquisa por Projetos, com  o uso da linguagem  é permitir que as pessoas com interesse por um assunto possam fazer abordagens ou questionamentos,  de forma acelerar o atingimento dos objetivos da  proposta, ou   que possam ser ajustadas com contribuições dos docentes.

3C - DESENVOLVIMENTO DOS SISTEMAS WEB  DE FORMA  COLABORATIVA 

Escolhido o tema do SISTEMA WEB, a Equipe de Trabalho  deve seguir a metodologia recomendada,  e identificar uma bibliografia mínima para seu sistema, dialogar com os professores, identificar seus usuários,  e divulgar suas preferências baseada em textos disponíveis na Internet e na Biblioteca Central, sejam revistas científicas ou livros atuais, cuja leitura irá substanciar a apresentação o texto final.

Apresentação e discussão de cada tema com a participação de toda a Equipe será de duas vezes por semana, segundas-feiras e quartas-feiras, das 8 às 10 horas. Os demais detalhes dos padrões e requisitos dos produtos serão discutido nas aulas, previamente,  em aula com participação de todos os presentes.

Dentre as possíveis dificuldades e as incertezas que sugerimos evitar, podemos citar: evitar ficar em um escopo muito amplo, ou muito técnico, ou muito específico; manter uma relação por demais vaga entre a narrativa e o material encontrado na pesquisa bibliográfica. Tentar ser objetivo nas perguntas aos seus usuários, e saber que os usuários têm pouca familiaridade.

3D PROPOSTA DO PROJETO OU TERMO DE ABERTURA

O texto a ser produzido deverá conter, como   primeira versão do trabalho escrito da equipe, no mínimo, 8 (oito) páginas de conteúdo (incluindo as páginas de capa, sumário, textos, algoritmos, figuras, programa, e bibliografia). Os casos especiais serão tratado pelos professores.

"Termo de abertura do projeto à disciplina Tópicos Avançados em Computação Programação Web do Departamento de Computação da Universidade de Brasília. 2° Semestre, turma A". 

3D PADRÕES A SEREM ADOTADOS NO DESENVOLVIMENTO

DOCUMENTAÇÃO DOS PROGRAMAS E FERRAMENTAS  A SEREM UTILIZADAS

A definição de um ou dois padrão do formato fará parte de um debate em sala de aula com todos os presentes nas primeiras quartas- feiras.

Sobre exigências de como deve ser feito e entregue o trabalho escrito (texto final). Entrega em atraso será aceita mediante redução na nota máxima, proporcional ao tempo de atraso.

3F  APRESENTAÇÃO FINAL DO SISTEMA WEB  

Alertas sobre autorias para produtos e produção de textos (com base na proposta da disciplina Informática e Sociedade para o Departamento deCiência da Computação – UnB do Prof. Pedro A. D. Rezende):

  1. Autoria de obra intelectual é direito moral inalienável pela Lei brasileira. Por isso, alienar autoria de trabalho acadêmico (comprar trabalho) envolve ato de falsidade ideológica. Plágio e falsidade ideológica são crimes.

  2. Entenda os efeitos coletivos. Plagiar ou alienar autoria de trabalho acadêmico é como jogar lixo na rua ou na Internet Esperteza para apressados, de consequências ruins para todos. Enchentes entopem bueiros inundando a área. A fraude acadêmica contamina a qualidade do diploma na medida em que diplomados se revelam, no mercado de trabalho, ineptos a se expressarem por escrito, coisa esperada de quem se forma nesta universidade.

  3. Entenda os riscos envolvidos. Mesmo para quem é honesto, o ambiente acadêmico na UnB está contaminado. De um lado, pela tentação (de comprar trabalho), do outro, pela desconfiança (sobre autoria), em parte devido às próprias facilidades tecnológicas. Lembre-se que, assim como os músculos na ginástica, não haverá ganho para o intelecto sem o correspondente esforço.

  4. Entenda o que está em jogo. Ensino público na UnB ainda é gratuito e pode ser sadio. Trabalhos comprovadamente plagiados ou alienados terão nota zero na monografia e na participação. Trabalhos cujos indícios de fraude evadirem admissibilidade de prova deixarão rastro de dúvida desabonadora. Na reputação do aluno e para a imagem da instituição onde estuda.

As atividades de leitura também irão substanciar a escrita dos textos finais das equipes, que se destinam à construção de um acervo dos trabalhos dos estudantes. As orientações da produção do textos estão disponíveis também na LOUSA DIGITAL da disciplina.

PRODUÇÃO DE MANUAIS DOS PRODUTOS 

As atividades dos estudantes nesta disciplina, que incluem pesquisa, apresentação, exemplos de programas de computadores, lista de exercícios e debate, e complementado com um artefato como trabalho final, serão complementadas com o diálogo com o professores, e a participação em aulas e construção de conteúdos em forma de textos.

O texto deve conter uma narrativa integral sobre o tema escolhido, e não parcial (a pretexto de que haverá uma segunda versão ou definitiva).

A estrutura do texto deve conter: Identificação da turma, semestre e autores (matrícula e nome dos estudantes); Seções do texto, incluindo introdução, objetivos do texto, metodologia para elaborar o texto, resultados ou conclusões e comentários finais. Apresentar a Bibliografia utilizada (independentemente de ser ou não esta a mesma apresentada na proposta da apresentação do Produto).

A formatação do texto deve ser um arquivo em formato digital aberto ou proprietário. Exemplos de formato aberto ou não proprietário: rtf, html, pdf, ou odt. (desses, pelo menos um estará disponível em praticamente qualquer editor de texto). 

 

4 - AVALIAÇÃO DOS ESTUDANTES E DA DISCIPLINA  

A Avaliação da disciplina deverá considerar aspectos cognitivos, atitudinal e interpessoal, como: iniciativa e autonomia; comunicação verbal e escrita; relacionamento e gestão do estudante na sua equipe; responsabilidade; capacidade aprendizagem e de pesquisa; organização e planejamento do produto (SISTEMA); análise crítica; produção e organização do texto; e criatividade.  A Avaliação inclui a participação em aulas, projetos e apresentação do SISTEMA WEB. E todas estas atividades serão aspectos avaliados, distribuídas nas três fases:

METODOLOGIA. As principais atividades são aulas expositivas, discussões e seminários:

          AAC - Atividades de Aprendizado em Classe: Para os temas em discussão na disciplina, serão indicados textos que o aluno deve ler e aos quais estarão associados atividades de aprendizado. As atividades de aprendizado podem envolver a preparação de material para debate em aula, seminários e publicação, e principalmente  UM LAB. Participação nas aulas expositivas, na elaboração do LAB em grupo em três versões: V1 é usada na apresentação. V2 é publicada em uma canal do Slack. V3 disponibilizada no Moodle e FCAd.org. . A avaliação do LAB  é participativa, ou seja, todos darão conceito sobre a apresentação, conteúdo, formato, usabilidade, etc. Estes critérios serão discutidos em conjunto, ou seja, definição da  Matriz de Avaliação do LAB. Depois de cada discussão, será lançada a avaliação da primeira versão do texto na Matriz de Avaliação no Google Drive, para aqueles que foram chamados a esta avaliação, e a partir deste momento as demais equipes farão as suas avaliações de cada texto. Todas as Atividades  de Aprendizagem em Classe-AAC, inclusive a presenças nas aulas, participação no fórum dos estudante no SLACK corresponde a 40% do total da Nota Final

        TFP-  Trabalho Final/Prático: Constará do desenvolvimento de um SISTEMA NA WEB  em equipe (2/3 pessoas). A avaliação das atividades dos estudantes dentro e fora da sua Equipe, que incluem a pesquisa de uma tema, participação individual em um SISTEMA, a elaboração do trabalho escrito. Elaboração e apresentação dos produtos da Equipe de Estudantes 20%. Construção de um SISTEMA WEB e sua documentação definido em conjunto:  30%.

RESULTADO DA AVALIAÇÃO: Atividades de aprendizado em classe (AAC). E trabalho prático (TFP). Média = 0,4*AAC + 0,6*TFP

Com a elaboração final do SISTEMA WEB (Produto) das equipes de estudantes, inicia a terceira etapa da disciplina, OS TESTES E ACEITAÇÃO. Durante o desenvolvimento dos produtos ocorrerão as verificação para efeito de avaliação com base nos seguintes critérios:

a) APRESENTAÇÃO: presença antecipada de no máximo 15 minutos de cada participante da equipe para responder à chamada e colocar todos os recursos auxiliares;

b) DESENVOLVIMENTO: cumprimento do respectivo prazo de tempo da apresentação, estabelecido previamente, duas equipes por aula;

c) atitude do estudante  em relação à exposição oral:

i) Na avaliação da proposta do produto, de ter pesquisado sobre o tema escolhido, proposta de um título, e bibliografia inicial para seu trabalho;

ii) Na avaliação do SISTEMA WEB da equipe, que deve ser publicado os a primeira versão dos conteúdos apresentados nos meios virtuais definidos em conjunto com os estudantes conforme os critérios exigidos ou recomendados pelo professor.

A partir do final dos produtos dos estudantes, quando começa a terceira etapa, TESTES E ACEITAÇÃO, serão analisados e debatidos, de forma construtiva, a primeira versão dos textos entregues, visando a elaboração da versão final.

A equipe de estudantes, que entregaram a Proposta do Projeto do SISTEMA  da sua Equipe, serão chamados para uma discussão com os professores, na oportunidade ele fará um depoimento destacando o que lhe chamou a atenção no trabalho, sugerindo o que deve ser acrescentado, aperfeiçoado ou expandido, como ajuste para a segunda e última versão. O Estudante  poderá fazer considerações, e os professores poderão franquear a palavra a outros que queiram oferecer comentários pertinentes. Como resultado destas discussões, a equipe deve fazer um resumo dos ajustes sugeridos para a segunda versão.

Alunos que estiverem ausentes quando chamados para essa avaliação terão esses dados lançados sem avaliação posterior, a menos que haja tempo, ao final da programação da disciplina, e com prejuízo na nota dessa avaliação.

Requisito: Frequência mínima de 75% nas aulas semanais (quarta-feira-19h).

A menção será calculada por média ponderada das notas da Matriz de Avaliação e poderá ser ajustada por conceito de participação no máximo em 1,0 ponto.

5 - CRONOGRAMA DE ATIVIDADES (Atualizado em 13/08/2019)

Fazem parte neste cronograma básico as principais atividades da DISCIPLINA, tais como datas e programação das aulas, atores, critérios e prazos Além disso, o presente cronograma poderá ser modificado ou ajustado em consequências recomendações superiores ou por meio de novos acordos entre o professor e os estudantes. Assim a realização dos trabalhos seguirão o seguinte cronograma:

  

ARTIGOS

BPM: Modeling and Using Context in Business Process Management: A Research

 

TCC\DISSERTAÇÕES\TESES

BPM: Universidade de Brasília. Instituto de Ciências Exatas Departamento de Ciência da Computação : Aplicação web para auxiliar na modelagem de processos de negócios de uma redação jornalística. Marcelo B. Fonseca. 2017 

 APRESENTAÇÕES

MODELAGEM CONCEITUAL: Introdução

LINKS

Plano de Ensino – Turma EI – Programação Web 2º semestre de 2019

Professores Responsáveis : Edison Ishikawa & Benedito Medeiros Neto

Apresentação da Disciplina Moodle :  https://aprender.ead.unb.br/course/view.php?id=3284

A disciplina Tópicos Avançados em Computadores – Prog Web propicia aos alunos o aprendizado necessário para o desenvolvimento de Aplicações Web, focando principalmente na utilização no framework Django com a linguagem de programação Python 3.x, extensão do Django para suporte a Processo de Negócios (BPM) e extensão para Web Semântica.

 Objetivos : Ao final do curso, o aluno deverá ser capaz de modelar e implementar um Sistema de Informação em Django/Python utilizando as extensões BPM e da Web Semântica.

Aplicação : As aplicações a serem desenvolvidas serão da área de Comunicação, mais especificamente Jornalismo, tendo como cliente real a Faculdade de Comunicação (FAC)

Ementa/Programa

Unidade I – Revisão de conteúdos básicos

1.1 Python 3.x

1.2 Javascript

1.3 BD relacional – SQL – Diagrama ER

1.4 Modelagem de Sistemas de Informações - UML

Unidade II – Framework Django

2.1 Introdução ao Django

2.2 Modelo MVC

2.3 Admin Django

Unidade III – Gerenciamento de Processos de Negócios

3.1 Introdução a BPM

3.2 O modelo BPMN

3.3 A extensão Django para BPM

Unidade IV – Web Semântica

4.1 Introdução a Web Semântica

4.2 Teoria das Relações

4.3 Teoria das Categorizações

4.4 Ontologias

4.5 Grafos

4.6 Padrões da W3C – RDF, RDFS, OWL, SPARQL

4.7 Biblioteca RDFlib/Python 4.8

 Inferências sobre relações Avaliação : A avaliação da disciplina é feita por intermédio de 3 atividades: · Trabalho de Modelagem de uma Aplicação para usuário real · Trabalho de implementação da Aplicação em Django/Python usando suas extensões · Participação e presença na disciplina Política contra o plágio (cola) nas provas e tarefas. Os professores e suas equipes se reservam no direito de perguntar detalhes do código para verificar se foi o aluno que realmente implementou o programa. Os códigos enviados para correção poderão ser verificados por um programa de detecção de plágio. Caso se verifique que não foi o aluno que implementou o código ou que ele obteve a(s) questão(ões) da prova de forma ilícita, o aluno ficará com zero na disciplina. Da mesma forma, nas provas, caso algum aluno seja pego utilizando meios ilícitos para a sua realização, ficará com zero na disciplina.

 

Cronograma de Atividades – vide Anexo

 

A Bibliografia Básica

 Ok/GEORGE, Nigel. Matering Django: CORE. The complete guide to Django.

Ok/OMG. http://www.bpmn.org/. Último acesso em 07/03/2019

 Ok/ANTONIOU, Grigoris; GROTH, Paul. e HARMELEN, Frank van. A Semantic Web Primer.

Bibliografia Complementar

Ok/Python Software Foundation. https://docs.python.org/3/tutorial/

 Ok/Javascript. https://www.w3schools.com/js/ TEOREY, Toby et al.

EI/Projeto e Modelagem de Banco de Dados. 2ª Edição 2014. Ed. Campus.

OK/GUEDES, T. A. G. UML 2: Uma abordagem prática. Ed Novatec. 2ª Ed. 2011

EI/BEZERRA, E. Princípios de Análise e Projeto de Sistemas com UML.

 

 


 

Parceiros

Bitugo Investimentos

Quem está Online

Temos 79 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar