Informamos que o MORE está passando por uma reformulação para que seja possível ampliar o portfólio de funcionalidades.

Atualmente é possível armazenar suas referências por coleções criadas segundo suas necessidades e/ou preferências. Também é possível pesquisar e importar uma referência para o seu rol de referências.

Encontra-se disponível a possibilidade de geração de referências a documentos jurídicos (legislação e jurisprudência), patentes, partituras, normas técnicas, slides, filmes e vídeos, além da manutenção das funcionalidades anteriores.

Seus dados e suas referências seguirão preservados.

http://www.more.ufsc.br/inicio

A norma da ABNT NBR 6023 determina como se deve  elaborar as referências bibliográficas.  Mesmo que sejam experientes, muitos bibliotecários às vezes têm dificuldade em elaborar referências. Também pudera: são muitos os tipos documentais, e, dependendo de cada um, a ordem de alguns elementos pode mudar de posição.
Para quem tem dificuldades em elaborar referências bibliográficas, há uma ferramenta que, além da facilidade de uso, proporciona rapidez ao elaborar as referências. Esta ferramenta é o MORE.
O MORE (Mecanismo On-line para Referências) é uma ferramenta gratuita que produz automaticamente referências bibliográficas e citações nos padrões da ABNT. O programa automatiza alguns processos, tais como: a inversão dos nomes dos autores (sobrenome, prenomes); uso de maiúsculas e minúsculas, grifo no título e pontuação.

http://bibliothings.blogspot.com.br/2014/03/faca-referencias-bibliograficas-de-um.html

A normalização de trabalhos acadêmicos, teses e dissertações é hoje uma

das exigências para a qualificação dos cursos de graduação e pós-graduação

emtodo o país. A ISO – International Organization for Standardization é o

órgão internacional responsável pela criação de normas na área científica, 

juntamentecom as agências de cada país.

A ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicasé a agência membro

da ISO  responsável pelas normas no Brasil.

A Biblioteca da PUC Minas com este trabalho vem suprir as necessidades

dacomunidade acadêmica da Instituição, na produção de textos, seja para

apresentaçãode trabalhos exigidos pelas disciplinas, seja para defesa de

teses e dissertações.

Attachments:
Access this URL (http://www.pucminas.br/documentos/orientacoes-abnt-apa-vancouver.pdf?PHPSESSID=00d6b7138b81bb8725fbf4dec4df6b74)orientacoes-abnt-apa-vancouver.pdf[ ]6082 kB

PROJETO DE PESQUISA – Métodos qualitativos, quantitativos e misto (Versão 1.3)

 

 Sumário

PARTE I: PREPARAÇÃO PARA A PESQUISA

1. Preparação de um Trabalho de Pesquisa 

   <UMA ESTRUTURA PARA UM PROJETO  DE PESQUISA (breve)>

2. Revisão ds literatura

3. ESTRATÉGIA DE REDAÇÃO E CONSIDERAÇÕES ÉTICAS

 

PARTE II:  ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA

4. A introdução 

5. A declaração de objetivo

6. Questões e hipóteses de pesquisa

7. O uso da teoria

8. Definições, limitações e importância

9. Escrita de Artigo Científico

 

http://www.puc-rio.br/ensinopesq/ccpg/download/normas.pdf

ESTA PUBLICAÇÃO DESTINA-SE A ORIENTAR OS ALUNOS de pós-graduaçãona elabo- ração do texto de tese ou dissertação, permitindo-lhes enfrentar com tranqüilidade o desafio de concluir com êxito o processo de titulação. Pretende, também, contribuir para a padronização dos textos produzi- dos na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. O trabalho des- taca um conjunto de recomendações fundamentais para apresentação das teses e dissertações, relacionando as informações e procedimentos necessários para a elaboração do texto de acordo com a Associação Bra- sileira de Normas Técnicas. Sugere algumas formas de diagramação do texto seguindo os padrões mais utilizados para que o pós-graduando tenha alternativas de escolha de acordo com as características de sua área de estudo. 

Quem está Online

Temos 56 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar