VOLTAR PARA O INÍCIO DO CURSO/Disciplina

UnB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO - FAC

Módulo  VIII: Engenharia Ontológica - Prof. Medeiros Neto

PARTE A: INTRODUÇÃO

A1) APRESENTAÇÃO DO MÓDULO

 Nesse módulo você dará continuidade ao desenvolvimento do Projeto da Ontologia da sua Equipe. Neste Curso\Disciplina foi definido a utilização da Metodologia 101 para o desenvolvimento e outros processos para construção da sua ontologia.  Isto significa selecionar as fontes de informação, segundo indicadores e critérios de qualidade da informação, com o uso mecanismo de busca, de ferramentas apropriadas que permite compartilhar conteúdos e documentos via Internet.

Constructing Ontologies Manually: For our discussion of the manual construction of ontologies, we follow mainly Noy and McGuinness, “Ontology Development 101: A Guide to Creating Your First Ontology.” Further references are provided in the suggested reading. 

A2) INTRODUÇÃO E CONTEXTO

 Engenharia Ontológica é uma metodologia para acessar, usar, avaliar e organizar a   Informação de uma Ontologia. According to Gómez-Pérez and colleagues, Ontology Engineering (OE) refers to the set of activities regarding the process, life cycle, methods, methodologies, tools, and languages that support the ontology development (Gomez-Perez et al. (2004). 

OBJETIVOS DO MÓDULO: Você aprenderá a desenvolver uma Ontologia, seguindo uma metodologia de pesquisa e tratamento da informação, por meio da organização, gestão e produção compartilhada das informações, segundo critérios de busca, qualidade e uso ético da informação.

 

PARTE B : ROTEIROS DISPONÍVEIS OU PUBLICADOS PARA CONSTRUÇÃO DE ONTOLOGIAS

B1) The objective of this technical report is describe the ontologie concepts, its main uses, types, development methodologies, specification tools and representation languages. Keywords: Ontologie. Resumo. O objetivo deste relatório técnico é descrever os conceitos de ontologia, seus principais usos, tipos, metodologias de desenvolvimento, ferramentas de especificação e linguagens de representação::

 http://www.filosofiacienciaarte.org/attachments/article/1104/71-Ontologia%20Conceitos%20UFG.pdf 

B2)     MaTUTO: adaptação da metodologia de aprendizagem baseada em problemas aplicados ao ensino de ontologias Ricardo Alexandre Afonso, Clarisse Ferrão Pereira::

http://www.filosofiacienciaarte.org/attachments/article/1104/_MaTUTO-%20adaptac%CC%A7a%CC%83o%20da%20metodologia%20de%20aprendizagem%20baseada%20em%20problemas%20aplicada%20ao%20ensino%20de%20ontologias.pdf 

B3) Roteiros para construção de uma ontologia bibliográfica através de ferramenta automatizada::

http://www.filosofiacienciaarte.org/attachments/article/1104/_Roteiro%20para%20construc%CC%A7a%CC%83o%20de%20uma%20ontologia%20bibliogra%CC%81fica%20atrave%CC%81s%20de%20ferramenta%20automatizada.pdf

B4) EXAMPLE ~Designing an Ontology-based Zika Virus news authoring environment for the Semantic Web::

 http://www.filosofiacienciaarte.org/attachments/article/1100/*costa%20-Ishikawa-medes_2016-Designing-Onttology-zika-news-authoring-semantic.pdf 

 

PARTE C: PASSOS PARA A REVISÃO DA LITERATURA NA CONSTRUÇÃO DE UMA ONTOLOGIA:

C1) SEGUIR O ROTEIRO: MÉTODOS DE PESQUISA Design Science Research (DSR). Vide  o site FCAd.org:: http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/orientacao-de-projetos-dissertacoes-e-tese/554-metodos-de-pesquisa-revisao-da-literatura-2  

http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/orientacao-de-projetos-dissertacoes-e-tese/554-metodos-de-pesquisa-revisao-da-literatura 

C2) DESCREVER  o tópico ou tema escolhido em poucas palavras, ou seja,  o objetivo da Ontologia. 

C3) ELABORAR o Título Funcional da proposta de Ontologia (Domínio). Ver C3.

C4) FAZER Levantamento Bibliográfico do domínio de conhecimento na BCE (Livros e  Artigos). Definição das Palavras-chaves (de 3 até 6 palavras). Ver C4.

C5) LOCALIZAR as principais fontes necessárias (Bibliotecário) e Web. Usar o Google Scholar para aumentar o conhecimento crítico. Ver C5.

C6) ELABORAR um pequena texto (uma página) que contenha:

 a) Nome Funcional;  b) Tópico;  c) Descrição Geral;

 d) Palavras-chaves; e) Participante (s).

C7) USAR a Engenharia Ontológica para construir a ontologia: http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/curso-programacao-python/1104-modulo-viii-ontology-engineering 

C8) COLOCAR  a proposta da Ontologia no  Protègè. Usar mecanismos de testes e incluir query, usar SPARQL.

C9) DEFENDER  a sua proposta da Ontologia para os validadores\ESPECIALISTAS. Usar "querys" para mostrar a proposta.

C10) FAZER os reajustes sugerido pelos avaliadores  no Editor Protègè e ajustes nos textos já elaborados seguindo os passos anteriores.

Bom Trabalho!

(*) Leituras Recomendas, em anexo (Attachments).

(**) As Orientações sobre a  Defesa dos Trabalhos de Final da Disciplina OntoWeb estão no Módulo IX. 

  

PARTE D : PROCESSO SIMPLIFICADO E PRÁTICO PARA CONSTRUIR DE UMA ONTOLOGIA

D.1) Principais Fases da Elaboração de uma Ontologia:

Fase I: Construção do Léxico - Mapa Mental (Identificação dos Conceitos)

Fase II: Mapeamento Léxico – Identificação dos Conceitos e seus Relacionamentos - Mapa Conceitual

Fase III: Construção da Hierarquia de Classes, Propriedades, Cardinalidades e Instancionamento - OWL

Fase IV: Validação e Publicação da Ontologia

Uso POTÈGÈ (Ferramenta) & REVISÃO DA ONTOLOGIA

Uso da Ferramenta Potègè para verificação. Inserção de instâncias.  Criação dos formulários

D.2) ROTEIRO, Informações e Sugestões para verificar antes de colocar a sua  ONTOLOGIA np Protégé

Like any development process, this is in practice not linear. These steps will have to be iterated, and backtracking to earlier steps may be necessary at any point in the process. We will not further discuss this complex process management. Instead, we turn to the individual steps.

Nós podemos distinguir os seguintes passos principais ou estágios no processo de desenvolvimento de uma Ontologia:

a) Determinar o domínio e o alcance;

b) Considerar o reuso de outras ontologias;

c) Enumerar os termos importantes;

d) Definir taxonomia, classes e hierarquias;

e) Definir propriedades ou atributos ou relações;

f) Definir facetas, restrições (cardinalidade, tipo…);

g) Definir instancias;

h) Verificar ou checar as anomalias.

 

PARTE E : ESTUDO DE CASO

 E.1) CAMPUS MULTIMÍDIA

a)     Ambiente de Acompanhamento e Contexto : https://trello.com/b/ZVOkJyQu/tcc-thallita-fluxo-de-informa%C3%A7%C3%A3o-de-produ%C3%A7%C3%A3o-da-not%C3%ADcia

bIE.2) DOENÇAS MENTAIS ~Ambiente de Acompanhamento e Contexto :

https://trello.com/b/kJUcVwCM/estudo-de-ontologias

E.3) JORNALISMOS GUIADO POR DADOS ~Ambiente de Contexto e Acompanhamento :

https://trello.com/b/ujPq1WND/tcc-larissa-de-jessus-silva

b)    "Em resumo, o jornalismo guiado por dados  tem por princípio que entrevistar planilhas é mais rápido, barato, confiável e mais fácil que entrevistar seres humanos. A não ser que a pessoa erre no modelo estatístico, a planilha não vai mentir."(TARSEL, 2017).

http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/pesquisador-visitante/1054-jornalismo-guiado-por-dados 

E.4) FAKE NEWS - Podem iniciar os trabalhos. Foram preparados 2 ambientes para suporte ao desenvolvimento :

a)     Ambiente de acompanhamento : https://trello.com/b/k9g4L0Rq/fake-news-20

b) Ambiente de Contexto, FAKE NEWS 2.0, no site: FCAd.org - Filosofia, Ciência e Arte :

http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/projetos-onto-semant/1087-fake-news-2-0

F5) : LINKS ÚTEIS

 i)      http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/curso-programacao-python/1103-modulo-v-web-ontology-language-owl2

 i    ii) http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/pesquisador-visitante/957-laboratorio-potege

iii)  http://www.filosofiacienciaarte.org/index.php/curso-programacao-python/1104-modulo-viii-ontology-engineering