A emergência de novos fatores econômicos e a mudança da forma de as pessoas fazerem política na sociedade contemporânea foram acarretadas pelas novas perspectivas das inovações tecnológicas em curso, iniciadas, principalmente, pela universalização de serviços de telecomunicações. São exemplos a Internet e o celular, o tratamento dos dados e da informação em nuvem. Elementos estes movidos pela contínua expansão das redes de computadores e pelo ritmo das mudanças nas relações com redes sociais. A interatividade mantém-se forte neste século XXI.

Paralelo a isso, observa-se que, nesta década, a convergência tecnológica e a comunicação móvel levam à ubiquidade computacional e a uma maior autonomia dos portadores de celulares. O hibridismo entre os signos textuais, sonoros e visuais que circulam por toda parte intensifica a interatividade das pessoas por meio de redes e favorece o surgimento da Inteligência Coletiva, como a concebeu Pierre Lévy (2014), fatos esses por ele vaticinados há quase 30 anos. Esses são os principais fatores que catalisam as transformações crescentes na sociedade, na comunidade e no cotidiano do cidadão. Além do mais, tudo isto precipita uma economia de serviços, cada dia mais digital.

Attachments:
Download this file (MARCCAP 1 - OS DO FINAL DA ERA INDUSTRIAL.pdf)OS MARCOS DO FINAL DA ERA INDUSTRIAL[ ]98 kB

Adicionar comentário

 


Código de segurança
Atualizar

Quem está Online

Temos 72 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar