e o seu chamado no eterno presente. J van Rijckenborgh. Uma publicação do LECTORIUM ROSICRUCIANUM - ESCOLA ESPIRITUAAL DA ROSACRUZ ÁUREA. São Paulo Brasil, 1989. 


URE 

 

 

http://www.pentagrama.org.br/livros/gnosis-original-egipcia-tomo-2.pdf

https://m.livrariacultura.com.br/p/livros/esoterismo/arquignosis-egipcia-a-v3-1244558

 

I - O MISTÉRIO DO BEM

“ Entre o homem nascido da natureza e o bem está a senda, a senda que leva à participação do bem. Aquele que deseja trilhar essa senda deve começar a não se prender a nada, a nada se prender no sentido acima exposto. Somente quando já não estiverdes apegados à natureza em que nascestes e fostes educados, quer em relação ao amor, quer em relação ao ódio, podereis viajar com a alma de Belém ao Golgota. Então, podereis trilhar a senda rumo à unidade divina, ao bem único.

Coloquemos-nos então, como viajantes ansiosos, diante do mistério do bem. Tentemos desvendar esse mistério. “ (página 12)

III - A SENDA DA AUTO-AJUDA

(página 17)

IV - O CAMINHO PARA A LIBETAÇÃO

(página 31)

V - A ILUSÃO DA BONDADE DO MAL

(página 35)


VI - O CANTICO DE ARREPENDIMENTO DA LIBERTAÇÃO

"Cumpri vossos deveres na vida, fazei o que é correto, porem não façais mais do que isso. Assim, as forças astrais da natureza da morte, as forças astrais do campo de vida comum, influenciarão"(página 41).

VIII - A MENTE E OS SENTIDOS

"Sem a percepção sensorial não existe nenhuma racionalidade, e sem a racionalidade, nenhuma percepção sensorial. O animal é orientado para seu objetivo natural, e ele o manifesta clara e abertamente. Quanto a isso, o animal é absolutamente leal sincero. Porém, o mesmo não pode ser dito com relação ao homem. O homem também se encontra para o seu objetivo natural. Contudo, ele não o revela clara abertamente, e é, neste ponto, extremamente mentiroso e desleal. Ele é forçado a isso em conformidade com a lei de autoconservação, pois os homens enganam uns aos outro de todos os modos devido a astúcia de sua mente. Deveis prestar bem atenção (e começai vós mesmo) na forma como os homens mentem, logram e enganam-se mutuamente. Em como eles assumem, de acordo com o momento, uma expressão de amizade ou de austeridade, de alegria ou de sublimidade. Neste ponto, deveis considerar os homens como o mais perigoso dos animais. E neste sentido, o vosso exame começa por vós mesmos."(página 57).

XI - A RECEITA DA SENDA PARA A VIDA

(página 84)

 

XIV - O OBJETIVO DO HOMEM

(página 113)

XV - NOSSA ATITUDE DE VIDA E AS CIRCUNSTÂNCIAS ATUAIS 

(página 119)

 

XXVIII - ESPÍRITO E MATÉRIA

"O que importa é se vós possuís algo da alma imortal, se conheceis algo da outra vida; em resumo, se o Espírito fala em vossa vida. É disso que se trata." (página 229).

 XXIX - O MISTÉRIO ESSENCIAL DO HOMEM

"Deus criou o mundo, porem o mundo criou o homem. O mundo é filho de Deus. todavia o homem é filho do mundo. Por certo observais o quanto esse ponto de vista diferencia do da teologia atual, que considera cada criança nascida da natureza como um ser concebido por Deus." (página 235).