Na reunião de 31/07 do Grupo de Pesquisa e Competência em Informação, foi apresentada pelo prof. Benedito Medeiros a proposta para criação de um livro colaborativo seguindo os princípios do AV3 e tendo como a principal referência a tríade de autores: Vilém Flusser, Michel Serres e Pierre Levy.
 
A discussão começou com a pergunta: "Como apresentar Flusser p/ um aluno do 3º ano de jornalismo?", e abordou questões sobre o contexto que os profissionais de comunicação vem passando com o avanço da tecnologia, a desvalorização do trabalho, dilemas e tendências.
 
Darley sugeriu a leitura de Zigmund Bauman, e sua inclusão como um dos autores principais, devido a sua abordagem sobre o pós-modernismos e em relação das questões apresentadas pelo Prof. Medeiros.
 
O Prof. Miranda fez considerações a respeito da produção da obra, formato de pesquisa e produção. Sobre o suporte à referência de pesquisa e metodologia. Assim como exemplos de produção e trabalhos realizados.
 
A ideia então seria dividir a redação do livro para diferente autores, acadêmicos e não acadêmicos, abordarem o tema sugerido e "contar a história pelo ponto de vista dos perdedores", ou seja, deixar um relato do ponto de vista do que não sendo beneficiados ou não inclusos na tecnologia, e estão sofrendo/perdendo com as transformações.
 
Os capítulos seriam escritos por um ou mais autores, sendo que poderiam ser multimídia, a obra será livre e aberta, conterá poemas, ilustrações, música, etc. É muito importante que o livro não seja convencional, nem no formato e nem na linguagem.
 
O livro através da abordagem multidisciplinar, contendo os princípios do AV3, irá procurar explicar as mudanças nas profissões (jornalismo, publicidade, rp...), na comunicação e nas ciências da informação, de uma forma mais utilitária do que acadêmica, a fim de responder questões do cotidiano para as pessoas e não para o ego dos autores. Por isso a importância de ser escrito por autores acadêmicos e não acadêmicos, por quem conhece a teoria e por quem utiliza.
 
O ambiente deve ser colaborativo, multimodal, de todos para todos, criativo e artístico.
 
Conceito: Explicando o futuro das ciências humanas, pela arte, pela cultura e pela filosofia.
 
Metodologia: Colaborativo, semântico e social.
- Revisão de literatura
- Estado da arte
- Testar os resultados no contexto (estudo de campo)
 
Instrumento: O homem na sociedade.
 
Objetivo: Um alerta para a sociedade, através de uma obra de arte digital, hipertextual, multimodal.

Quem está Online

Temos 59 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar