LINKS: 1) Site: https://www.rosycross.org/

2) Page on Face: https://www.facebook.com/goldenrosycross/

3) Channel no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=6NhlZ1FCkSE

4) LECTORIUM ROSICRUCIANUM LRC The International School of the Golden Rosycross Centros de Conference: https://www.youtube.com/watch?v=uMWJUQtPafc&t=11s

SPEECH:

A) The Awakening of the Higher Mind

https://www.facebook.com/adelmo.avancini/posts/10158474276125384

B) Who are the Rosicrucians today? 

https://www.youtube.com/watch?v=VK0Xy6fenzE

C) Beyond Karma and destiny: 

https://www.youtube.com/watch?v=V0_ez3VSCwg

D) Presentation in New York City REINCARNATION:

The Circle of Life and Death: https://www.youtube.com/watch?v=e-x6PigBRok

E) Rosicrucians about: Gold and alchemy: 

https://www.youtube.com/watch?v=M14skkSmT7A

F) Don’t follow the path, be the path: 

https://www.youtube.com/watch?v=9NE-4NNqezE&t=11s

 Conferences:

** International Conference in Ussat, South France, Cathedral of Lombrives: https://www.youtube.com/watch?v=oS9LoBEprqE

** Best moments: https://www.youtube.com/watch?v=-791OQTKAxU

 *** https://www.youtube.com/watch?time_continue=6&v=N_jwssb-m34

 G) https://youtu.be/2XhVZ88JWiw

Audios

1) 

 

Símbolo da Lectorium Rosicrucianum:

https://www.facebook.com/filosofiacienciaearte/posts/1837157059901112

Extraído do artigo: nenhuma separação interior. Pentagrama - Revista Bimestral da Escola Internacional da Rosacruz Áurea. ano 34, 2012, número 5.

veja o artigo completo no endereço:

http://www.pentagrama.org.br/pentagrama/pentagramas/2012/5

"No mun­do atual, ter abertura, saber dividir, mostrar reciprocidade e interdependência são fatores essenciais que favorecem a cooperação. Várias empresas de pequeno porte surgem agora fun­damentadas nessa forma aberta de cooperação. Nesse sentido, também serve de exemplo o trabalho segundo o princípio open source (códi­go aberto): muitas vezes são criados produtos digitais que qualquer pessoa pode usar e mo­dificar para atingir um objetivo comum. No entanto, a cooperação somente pode acontecer, de fato, quando existe confiança mútua: quan­do o grupo está ligado ao campo de força e todos reconhecem a mesma verdade que emana do coração, apesar das diferenças de opinião, discipulado, idade ou de qualquer outro tipo que possa haver entre as personalidades.

Uma profunda confiança nos traz à consciência que os alunos podem seguir seu caminho de maneiras muito diferentes, mas igualmente vá­lidas, e que não precisam ter medo de perder o controle, pois todo esforço conjunto leva a um bom resultado, desde que ansiemos pelo mesmo objetivo, cheios de entusiasmo, sem reservas de coração pleno e puro."

Extraído do artigo: nenhuma separação interior. Pentagrama - Revista Bimestral da Escola Internacional da Rosacruz Áurea. ano 34, 2012, número 5.

x
 
 
 

Antônio Carlos Monteiro

Jan 18
 
to BeneditomeGilson
 
 
Queridos Amigos e Amigas, 
 
Temos sido frequentemente sacudidos de nossa dormência vital, com as seguidas narrativas sobre um fenômeno atávico da existência humana, conhecido como "A Queda", que muito pouco entendemos e que soa como algo fantástico e irreal. Muitas lendas e histórias são contadas sobre esse fenômeno, inclusive pelo Pentateuco da Bíblia e outros livros sagrados de épocas antigas e de outros povos.
 
Assim, vive a humanidade na mais completa ilusão das suas quimeras, em completa ignorância do sentido e da realidade da vida temporária que alimenta, mas que considera suficiente, porque vivemos em uma prisão, sem nem ao menos perceber que somos prisioneiros e os nossos próprios carcereiros. 
 
No magnífico livro O Novo Homem, o Sr. Jan van Rijckenborgh apresenta, no Capítulo I-6, as seguintes considerações a esse respeito: 
 
"Se possuís algo do verdadeiro discipulado, existe em vós um anseio fundamental pela volta ao Reino Imutável. Pois bem, na fase atual da revelação da Fraternidade, é dada uma orientação a esse anseio, e o desenvolvimento de cada aluno que demonstra resolução interior é instigado. Deveis compreender bem, todavia, o que vem a ser “instigar” a vida de alguém. 
 
"Não se trata de ajuda negativa, porém, principalmente, da aquisição de compreensão, de conhecimento. Não é sem razão que a Sagrada Escritura diz enfaticamente: “Meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento”.
 
"Conhecimento, no sentido da Doutrina* Universal, significa adquirir, com base na atividade do átomo-centelha-do-espírito, compreensão do caminho e da verdadeira vida e, além disso, de todos os fatores coadjuvantes à disposição do candidato. Se esse conhecimento está presente, o aluno, por si mesmo, entra em atividade. É dessa automaçonaria libertadora que a Escola Espiritual gostaria que participásseis. 
 
"Crer, na concepção da Fraternidade, significa ter o conhecimento íntimo, e este “saber interior” é a atividade do átomo-centelha-do-espírito. Por esse motivo, Paulo fala de “fé nos vossos corações” (em Filipenses). No entanto, ele não quer com isso se referir a nenhuma forma de sentimentalidade, nenhuma crença tradicional eclesiástica ou bíblica, mas sim à vibração radiante do átomo-centelha-do-espírito, (situado) no ventrículo direito do coração humano. 
 
O transfigurismo é uma ciência esotérica profunda, que vem sendo praticada desde  a mais remota antiguidade, como foi mostrado pelos antigos egípcios de Hermes Trismegisto, pelos Essênios de Jesus Cristo, pelos Valentinianos do Evangelho da Pistis Sophia e pelos Albigenses e Cátaros do "consolamentum", que se destacaram na história da humanidade.
 
Mostramos, novamente, em prosseguimento, o que nos ensina o Sr. Rijckenborgh no Capítulo I-7 do livro O Novo Homem, sobre o transfigurismo, com as seguintes observações:
 
"O transfigurista está completamente orientado para se libertar totalmente deste campo de natureza! Ninguém poderá imaginar tipo de homem mais radical do que o transfigurista. O tipo radical natural esforça-se por uma ou outra mudança no campo econômico, social ou político, consequentemente, uma mudança violenta no plano horizontal.
 
"O transfigurista, entretanto, deseja se distanciar desse plano horizontal, por meio de poderosa intervenção autorrevolucionária em seu próprio ser. São poucos os transfiguristas existentes neste mundo.
 
"Dirigimos a atenção para dois destes campos existentes nas profundezas da terra. Nestes campos residem forças que poderíamos chamar de forças naturais e arquétipos. Uma força natural é a faculdade mediante a qual um plano é executado e mantido. O campo de forças naturais é um campo magnético muito poderoso, ou ainda melhor, um campo onde se desenvolve ilimitada quantidade de tensões, vibrações e condições magnéticas diversas, todas a serviço do funcionamento do cosmo. 
 
"Essas forças naturais não atuam às cegas em nosso campo de existência, como frequentemente se acredita, porém elas estão ligadas aos arquétipos. Em outras palavras, todas as forças naturais estão irrevogavelmente ligadas a um plano, a uma inteligência superior, que as conduz. De acordo com essa condução, elas se manifestam. Os arquétipos são as imagens-pensamentos viventes e vibrantes da Gnosis. 
 
"São chamados de arquétipos pelo fato de a ideia divina original ter-se corporificado neles. São esses princípios viventes primordiais, essas imagens-pensamentos de Deus, que evocam e aplicam as forças naturais. Quando, por exemplo, no complexo do corpo sétuplo da terra há qualquer coisa que ameace se desenvolver de modo a vir perturbar a harmonia e o perfeito funcionamento do todo, a faculdade sensorial da terra, minuciosamente sintonizada, percebe isso imediatamente, e os arquétipos e as forças naturais — que corporificam a ideia e a vontade de Deus — intervêm prontamente com fins corretivos. 
 
"Imaginai agora que a vossa presença neste campo de vida, a vossa conduta de vida, o vosso estado estrutural de ser, a vossa luta pela existência, em suma, todas as vossas atividades e as de vossos próximos, não estejam em harmonia com o plano fundamental de Deus, com o campo de força dos arquétipos — e não estão mesmo! Nesse caso, em virtude de sua natureza, as forças naturais se voltarão violentamente contra vós. 
 
Vemos aqui uma maravilhosa explicação científica de "A Queda" da humanidade, apresentada sinteticamente pelo Sr. Rijckenborgh. Mas o mais interessante é a solução que se segue, que não é nenhuma novidade, porque é algo que vem sendo apresentado para a humanidade há milênios. Todavia, aqui é mostrado o que ocorre com base nos campos magnéticos do cosmo e do microcosmo, conforme segue. 
 
"Desse modo, o fato de se estar inteiramente perdido pode ser confirmado, segundo as leis da natureza, tornando-se ao mesmo tempo compreensível o motivo por que todos os que o sabem exultam de alegria, sempre que a ideia divina latente é revivificada em uma criatura e assume novamente o comando da sua vida. Apenas a esse homem pode-se dizer: “eis que o reino de Deus está dentro de vós”.
 
"Possivelmente, isso exige uma explicação. O reino de Deus, na acepção aqui dada, é o átomo-centelha-do-espírito já mencionado. Quem possui esse átomo-centelha-do-espírito, quem ainda o possui, tem o reino de Deus dentro de si. Isso quer dizer que a ideia de Deus, concernente ao Reino Imutável, encontra-se em estado latente dentro do indivíduo.
 
"E o objetivo único da Fraternidade Universal é despertar esse átomo divino primordial do seu estado latente. Quando esse processo de salvação se realiza, com sucesso, em algum aluno, grande força original é nele liberada, e ele pode trilhar indefectivelmente a senda para o Reino Imutável. (...) 
 
"Dissemos que as ideias de Deus residem no estrato terreno dos arquétipos, e isto não somente com relação à sua criação, mas também à sua criatura. Uma ideia é uma forma-pensamento. Ela possui uma estrutura de linhas de força, sendo, portanto, uma realidade vivente. Considerando as ideias de Deus, pode-se com razão se referir a elas como sendo “arquétipos” (as mônadas).
 
"Com a força divina, o grande objetivo torna-se realidade concreta à imagem dos arquétipos. Não existe, por conseguinte, uma forma humana genérica no estrato terreno dos arquétipos, porém, um arquétipo especial para e de cada ser humano. Precisamos, entretanto, compreender perfeitamente que o exposto acima não se refere ao homem dialético, senão, exclusivamente, ao verdadeiro homem original (microcósmico).
 
"Há, pois, uma unidade inquebrantável entre Deus, arquétipo e homem. Com efeito, o homem original foi criado à imagem de Deus, isto é, à imagem do arquétipo e totalmente de acordo com a forma-pensamento de Deus. O maravilhoso princípio que denominamos de átomo-centelhado-espírito foi, inicialmente, o foco central do arquétipo em torno do qual se formou o microcosmo. 
 
"Poderíamos, portanto, com razão, falar de átomo do arquétipo. Quando a luz do sol é absorvida por um sistema qualquer, há sempre um órgão que possibilita isso. Da mesma maneira como o baço absorve a luz do sol material, da qual o terceiro ego natural vive e pela qual mantém a sua posição de domínio, também o maravilhoso átomo do ventrículo direito do coração é o foco, o ponto de contato do arquétipo." (...) 
 
"Assim, como o arquétipo se desenvolve e se manifesta em plena majestade, quando o homem segue a senda da glória imperecível, fica claro que o arquétipo também entrará em latência sempre que o homem decair na manifestação adâmica. E isso acontece conosco, seres humanos deste mundo! 
 
"A trinalidade Deus-Arquétipo-Homem tornou-se uma realidade esfacelada, no que tange a nós, visto não vivermos da força de irradiação de nosso arquétipo, porém “da vontade do homem”, “da vontade da carne”, como diz o prólogo do Evangelho de João."
 
"Já explicamos o que acontece no aluno, quando o átomo do arquétipo entra em atividade novamente. Por meio do novo hormônio do timo e da pequena circulação sanguínea, o aluno é compelido a uma atividade de pensamento inteiramente nova. Por intermédio dela, ele cria a imagem do homem imortal, após muitos erros e muitas peças, que o antigo Adão lhe pregou. 
 
"Talvez possamos compreender agora que espécie de imagem é essa. É a projeção do arquétipo, que se torna sempre mais pura, como base para o advento do novo homem. A imagem do homem imortal está, mediante o átomo do arquétipo, em ligação direta com o arquétipo propriamente dito e, assim, também com a Gnosis. Desse modo o plano do Grande Arquiteto se aproxima do aluno e nele é realizado. 
 
Assim, foi apresentada aqui uma moderna versão de "A Queda" e do Plano de Salvação da humanidade decaída, consoante a Gnosis Atual. 
 
Com carinho do irmão e amigo, 

LINKS IMPORTANTES:

Cometogether:

Course:http://courses.lectorium.eu/

Email : http://pop.lr.org.br/


SITES:

http://www.lectoriumrosicrucianum.org/    Portal Principal - Internacional

http://www.rosacruzaurea.org.br/tiki-index.php?page=Introdu%C3%A7%C3%A3o 

Antigo Site da R5 (TikiWiki)

http://br.dev.rosenkreuz.de/  Site em desenvolvimento - Português/Textos em Revisão

http://en.dev.rosenkreuz.de/home/   Site matriz/Alemanha - Inglês // Teste

 

FACEBOOK da Lectorium Ricrucianum:

Algumas páginas já foram criadas: São Paulo, Brasília, Lorena, RJ, Mirdad (essa foi mais focada para um evento). 

https://www.facebook.com/RosacruzAureaSP?fref=ts       (criada em 8/abril)


https://www.facebook.com/rosacruzaureanorteecentrooestebrasileiro  (criada em 6/agosto) 


 

https://www.facebook.com/pages/Rosacruz-%C3%81urea-Vale-do-Para%C3%ADba-e-Sul-de-Minas/583140111732900                                                                (criada em 8/setembro) 

 

https://www.facebook.com/pages/Rosacruz-%C3%81urea-RJ-ES/582358181821034?fref=ts 

(criada em 9/setembro) 

https://www.facebook.com/pages/O-Livro-de-Mirdad/1407693892776399

 (criada em 5/agosto)

https://www.facebook.com/pages/O-Livro-de-Mirdad/198107700205267

 

https://www.facebook.com/rosacruzaureanorteecentrooestebrasileiro

 

Lorena

 

https://www.facebook.com/RosacruzAureaBrasil

 

Hungria

Alemanha

França

Quem está Online

Temos 50 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar