2) During this distracting time, the track chairs have agreed that the paper submission deadline will be extended to July 15, 2020. With this extension, we expect HICSS authors to sustain the quality of their research work, while still ensuring that the conference proceedings will be released and widely distributed on time. The revised schedule is:

July 15 — Papers due
August 15 — Reviews due
August 22 — Minitrack Chairs’ decisions due
August 23 — Notifications to authors
September 4 — Revision due for papers accepted with mandatory changes
September 10 — Minitrack Chairs’ final decisions due for papers with mandatory changes
September 11 — Notifications to authors of revised papers
September 22 — Final manuscripts due
January 4 — Publications of full conference proceedings

https://hicss.hawaii.edu/#!future-conferences/ctld

1) A Rede de Pesquisa Aplicada Jornalismo e Tecnologias Digitais (JorTec), vinculada à Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), recebe, até dia 15 de Julho de 2020, propostas de trabalhos para suas Mesas Coordenadas no 18º Encontro da SBPJor, que será realizado de 3 a 6 de novembro, de integralmente forma virtual.

As propostas poderão ser enviadas para o e-mail das proponentes, com a primeira versão do artigo, conforme modelo e os critérios da Chamada da SBPJor: http://sbpjor.org.br/sbpjor/2020/06/10/abertas-as-chamadas-de-trabalhos-para-os-encontros-sbpjor-e-jpjor-2020/.

A primeira versão do artigo não precisa necessariamente concluída, mas deve conter os elementos que permitam sua análise crítica e que demonstrem viabilidade de conclusão nos prazos estabelecidos.

A relação dos trabalhos aceitos será divulgada pela Coordenação da Rede JorTec no dia 22 de Julho de 2020.

As versões finais deverão ser encaminhadas até o dia 4 de Agosto de 2020, também diretamente para as proponentes, que farão a submissão conjunta dos trabalhos das mesas, conforme o regulamento do evento.

 

XXVI Mesa Coordenada da Rede JorTec – Métodos e soluções de pesquisa aplicada em Jornalismo e Tecnologias digitais

Coordenadoras: Elaide Martins (UFPA) - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. - e Rita de Cássia Romeiro Paulino (UFSC) - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Vislumbrando o momento de transformação pelo qual passa o Jornalismo, num cenário de crise e reconfigurações de rotinas de produção, dentre outros, Deuze e Witschge (2018) afirmaram que o Jornalismo requer um conjunto de ferramentas que olhe para o campo como um objeto em movimento e como um conjunto dinâmico de práticas e expectativas - uma profissão em um processo permanente de mudanças e que por isso, consideramos estreitamente vinculada à inovação. Salaverria (2019) considerou sete novos campos de pesquisas para o Jornalismo: novos modelos de produto de comunicação; novos modelos de negócio; novos modelos de organização profissional nas redações; novos modelos para integrar a robotização ao trabalho dos jornalistas; novos modelos de jornalismo de dados e informações imersivas; novos modelos de gerenciamento; e novos sistemas de análise de audiências. Neste contexto, esta mesa coordenada pretende reunir trabalhos de investigação que dizem respeito aos aspectos de adaptação e transformação em momentos de crise por que passa o Jornalismo e como as tecnologias potencializaram estas mudanças. Dentre os temas a serem abordados estão, portanto, estudos de caso ou reflexões teóricas sobre: modelos de produto de comunicação multiplataforma; modelos de Análise de Redes Sociais; novas metodologias para os processos produtivos em diversas mídias; modelos de negócio; modelos de organização profissional nas redações; modelos para integrar a robotização ao trabalho dos jornalistas; modelos de jornalismo de dados e Jornalismo Imersivo; e novos sistemas de análise de audiências.

Referências:

Deuze, M., & Witschge, T. Beyond journalism: Theorizing the transformation of journalism. Journalism, 19(2), 165–181. 2018. https://doi.org/10.1177/1464884916688550

Salaverria R., in INTERCOM 2019: Ramón Salaverría convoca academia a contribuir com soluções para a crise do Jornalismo. Belém, PA. 2019. http://www.portalintercom.org.br/publicacoes/jornal-intercom/2019-2/09-2-2-2-2/ano-15-n-480-sao-paulo-05-de-setembro-de-2019-issn-1982-372/chamadas-1557/intercom-2019-ramon-salaverria-convoca-academia-a-contribuir-com-solucoes-para-a-crise-do-jornalismo

 

XXV Mesa Coordenada JorTec - Uso de algoritmos no Jornalismo: dilemas práticos e éticos

Coordenadoras: Adriana Barsotti (UFF) - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. - e Laura Storch (UFSM) - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Os algoritmos têm se tornado objetos recorrentes nos estudos sobre a comunicação contemporânea. A eles são atribuídas funções de seleção e filtragem de conteúdos com repercussão nos processos de socialização, de forma ampla. No campo jornalístico, em particular, os algoritmos são acionados como objeto teórico ou empírico de investigação em todas as fases do processo noticioso - na curadoria de conteúdos, na produção e distribuição de notícias, na relação com fontes e audiências. Nas redações, algoritmos podem auxiliar a “predizer” comportamentos e “induzir” práticas de consumo de informações por parte dos usuários. Tecnicamente, eles podem "desempenhar" funções jornalísticas na apuração e redação de notícias, o que levanta questões éticas sobre a função social do jornalista. Tanto do ponto de vista da produção quanto do consumo de notícias, o Jornalismo vem estabelecendo uma interdisciplinaridade com a Computação, que merece ser estudada com cuidado. Esta é a problemática da XXV Mesa Coordenada da Rede JorTec, que busca debater os desafios, dilemas éticos e potencialidades narrativas que emergem das imbricações do Jornalismo com os algoritmos. São particularmente bem-vindas propostas de artigos que se insiram nos seguintes eixos de investigação: Jornalismo e algoritmos: narrativas, ferramentas e interfaces; transparência algorítmica e implicações éticas para o jornalismo; abordagens metodológicas para análise do uso de algoritmos pelo jornalismo; o uso de algoritmos pelo jornalismo e seus impactos sobre os valores-notícia; Jornalismo, algoritmos, sites de redes sociais e "fake news";  algoritmos e Jornalismo de dados; algoritmos e o negócio jornalístico; algoritmos e privacidade em interface com o jornalismo; Jornalismo, datificação e algoritmos: perspectivas de automatização e inteligência artificial.

 



Entre com seu usuário para poder postar um comentário.

Quem está Online

Temos 48 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar