Livro: MODERNIDADE LÍQUIDA, Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 2001.

"Seria imprudente negar, ou mesmo substimar, a profunda mudança que o advento da "modernidade fluída" produziu na condição humana."Partindo desse princípio, o sociologo Zygmunt, um dos mais originais pensadores da atualidade, examina aqui como se deu a passagem da modernidade "pesada" e "solida"para uma modernidade "leve" e "líquida", infinitamente mais distante.


Quem está Online

Temos 77 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar