Zelia Leal Adghirni. Textos reunidos e apresentados por: Fábio Henrique Pereira & Francilaine Munhoz de Moraes.      Florianópolis: Insular, 2017.

" A consolidação do campo acadêmico do jornalismo aconteceu em novembro de 2003, com a criação da Sociedade Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (atualmente Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo - SBPJor), que reuniu uma centena de pesquisadores na Universidade de Brasília."

"Jornalismo na Internet - Uma década de mutações

Por mais que os pesquisadores nas ciências das comunicações e da informaçãotenham tentado esboçar perspectivas e estratégias para o futuro do profissional do jornalismo na Internet, é praticamente impossível estabelecer, no momento presente, um diagnóstico confiável sobre a questão. Entre as alternativas colocadas para o futuro do jornalismo digital, assisitimos ao delineamento de dois perfis distintamentes opostos: de um lado, o jornalismo banal do "copia-cola", estabelecido na última década, e sobre tudo a partir do ano 2000, e, outro, o jornalismo revelado nos Blogs" ( pg. 67).

" A adoção das tecnologias dde Informação e Comunicação (TICs), com um sentido operacional voltado para o mercado, bem como a visão comercial do jornal como usina de de informação, causaram uma transformação no jornalismo brasileiro de grandes proporções"(pg. 83).