Tradicionalmente, os educadores ajudam pais a ensinar jovens como se comportar adequadamente em relação aos outros. Agora, com a explosão da mídia social, os educadores podem fazer parte de uma conversa mais ampla com os jovens sobre a cidadania digital e o comportamento on-line. Falaremos mais sobre o que significa cidadania digital na seção 4. Como educadores, vocês podem instruí-los a usar a Internet de forma segura, ética e responsável.
Atualmente, o Facebook desempenha um grande papel nas vidas de milhões de alunos. Vocês podem se perguntar: “Isso é bom ou ruim para os educadores?”.


Como vocês, ficamos sabendo de novos relatórios que levantam questões sobre o uso inadequado de tecnologias digitais, incluindo sites de redes sociais. É compreensível que vocês possam estar desconfiados sobre como a mídia social está afetando seus alunos ou preocupados sobre como a nova tecnologia está mudando sua sala de aula. Vocês podem estar se perguntando se há uma maneira de canalizar o entusiasmo que os alunos têm com sites como o Facebook para cumprir as metas educacionais.
Sobre esse assunto, temos boas notícias: O Facebook pode aprimorar a aprendizagem dentro e fora da sala de aula. A maneira como isso pode ser feito pode não ser óbvia, e é por isso que criamos este guia. Nas próximas páginas, explicaremos sete maneiras de usar o Facebook com eficiência para ensinar e aprender.
Sabemos que é difícil ser um educador hoje em dia. Nossa esperança é aliviar a dificuldade da nova tecnologia oferecendo explicações claras sobre o Facebook na educação. Acreditamos que as informações deste guia podem ajudá-los a transformar os desafios da mídia social em oportunidades que beneficiam você e seus alunos.
7 maneiras com que educadores podem usar o Facebook
1. Ajudar a desenvolver e seguir a política da escola sobre o Facebook.
2. Incentivar os alunos a seguir as diretrizes do Facebook.
3. Permanecer atualizado sobre as configurações de segurança e privacidade no Facebook.
4. Promover a boa cidadania no mundo digital.
5. Usar as páginas e os recursos de grupos do Facebook para se comunicar com alunos e pais.
6. Adotar os estilos de aprendizagem digital, social, móvel e “sempre ligado” dos alunos do século 21.
7. Usar o Facebook como recurso de desenvolvimento profissional.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Quem está Online

Temos 214 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar