Descreve o desenvolvimento de um projeto sobre Competência informacional em colégio da Educação Adventista em Curitiba, com alunos do 3º ano do Ensino Médio (EM). Visa desenvolver habilidades informacionais nas rotinas dos trabalhos acadêmicos, orientar alunos e professores em relação à normalização das pesquisas e fortalecer o papel educativo dabiblioteca e do bibliotecário. Baseado nos estudos de Eisenberg e Berkowitz reorganiza asetapas para realização dos trabalhos com palavras-chaves. Foram organizadas reuniões, palestras com coordenadoras, orientadoras, auxiliares das bibliotecas e professores para explicar o novo roteiro de trabalhos acadêmicos, bem como a construção de um guia comorientações deste novo processo. Descreve a parceria realizada com professores para o desenvolvimento desta metodologia e a participação do bibliotecário no processo, uma novidade para os alunos. A escolha do 3º ano do EM foi por estarem entrado para a faculdadee de prepara-los para essa nova etapa de suas vidas. Analisou o desempenho dos alunos durante o processo e destaca as principais dificuldades em relação à metodologia de trabalho,destacando que a sintetizar e buscar informações, fazer citações e falar em público, foram as mais indicadas. Constatou-se que essas dificuldades são decorrentes da falta de leitura sobre o tema e a reescrita. 

Palavras-chave: Competência informacional. Biblioteca escolar. Trabalhos acadêmicos.

Área temática: Biblioteca

http://portal.febab.org.br/anais/article/view/815/815