O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou que a rede social está se associando a outras seis empresas – Ericsson, MediaTek, Nokia, Opera, Qualcomm e Samsung – em um projeto que para levar o acesso à Internet aos cerca de cinco bilhões de pessoas no mundo ainda não conectadas.

O grupo, chamado internet.org, vai trabalhar em projetos conjuntos para expandir a conectividade, apoiando-se em suas relações com operadoras móveis, governos e outras organizações não-governamentais. "Há enormes barreiras nos países em desenvolvimento para se conectar e ingressar na economia do conhecimento", disse Zuckerberg, que estima que apenas 2,7 bilhões de pessoas, pouco mais de um terço da população mundial, têm acesso à Internet.

Ainda de acordo com o CEO da rede social, o Facebook já gastou US$ 1 bilhão em infraestrutura com o objetivo de garantir acesso mais amplo à Internet no mundo, e que tem planos de gastar ainda mais para tal.