A obra é resultado dos estudos sobre tecnologia móvel realizados pelos três au- tores: o professor e pesquisador na área das tecnologias móveis Jorge Luis Victória Barbosa, a doutora e pesquisadora em Administração Amarolinda Zanela Saccol e a também doutora em Informática na Educação Eliane Schlemmer, todos docentes na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos/RS).

A pesquisa analisa como a experiência de produção de vídeos com celular por estudantes de uma escola pública do Distrito Federal se manifesta nas relações diretas entre eles, entre eles e a tecnologia e, principalmente, entre eles e a escola. Estruturado metodologicamente enquanto Pesquisa Participante, o estudo se desenvolveu por meio de experimentos em um projeto interdisciplinar com alunos do Centro de Ensino Médio Elefante Branco (CEMEB), sob a coordenação de um professor de Sociologia. As atividades do trabalho de campo contaram com: a realização de debates e oficinas básicas nas turmas do 3o ano para produção de vídeos gravados e transmitidos ao vivo para a internet com o celular; acompanhamento de uma mostra audiovisual temática; e a formação de um grupo de jovens, que se reuniu periodicamente durante um semestre para discutir e experimentar produções audiovisuais com o celular dentro do cotidiano da escola. Os vídeos produzidos pelos estudantes foram categorizados em quatro modalidades de uso (recreativo, criativo- expressivo, referencial, comunicacional-educacional) de acordo com os seus repertórios temáticos e as escolhas dos jovens durante os processos de elaboração. A partir da experiência, os estudantes puderam utilizar processos comunicacionais para discutir questões que envolvem sua condição enquanto jovens, a influência da tecnologia, o papel da escola e outros assuntos como o convívio com as diferenças. Dessa forma, os resultados da pesquisa demostraram como a comunicação, por meio do uso do celular, contribui e se aproxima, de forma efetiva, com processos educativos na formação cidadã dos jovens. A experiência também aponta para a necessidade de se ampliar o debate e as práticas audiovisuais nos processos pedagógicos, aproveitando diferentes tecnologias de comunicação que já fazem parte do cotidiano dos estudantes.

 

Using Network and Mobile Technology

http://www.woodheadpublishing.com/en/book.aspx?bookID=2726&;ChandosTitle=1

Edited by Guglielmo Trentin and Manuela Repetto, Institute for Educational Technology, National Research Council, Italy- includes a framework for the sustainability of new educational paradigms based on the combination of formal and informal learning processes supported by network and mobile technology (NMT):  - provides a series of recommendations on how to use attitudes towards NMT - gained outside the school to integrate formal and informal learning  - gives a teacher training approach on how to use network and mobile technology- based informal learning to enhance formal learning pathways.

 

Tecnologia da informação e comunicação

Tabela 8.6 - Percentual das pessoas que tinham telefone móvel celular para uso pessoal na população de 10 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade - 2011-2012 

ftp://ftp.ibge.gov.br/Trabalho_e_Rendimento/Pesquisa_Nacional_por_Amostra_de_Domicilios_anual/2012/tabelas_pdf/sintese_ind_8_6.pdf

 

Acesso à Internet e posse de telefone móvel celular para uso pessoal 2011

Em 2011, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios investigou, como tema suplementar, o acesso à Internet e a posse de telefone móvel celular para uso pessoal, objetivando ampliar o conhecimento sobre a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação - TIC no País, não só com vistas à necessidade de construção de indicadores para o atendimento no contexto nacional como também à comparação internacional de estatísticas sobre a sociedade da informação.

Quem está Online

Temos 46 visitantes e Nenhum membro online

Palavras-chave

Buscar